Como acabou o ano lectivo da nossa Escola de Música?

01-10-2013 14:03

Foi no passado mês de Julho pelo dia 27, que, mais uma vez, os alunos da Escola de Música da B.S.C.R.T mostraram do que são realmente capazes, na grande festa de final de ano. Desta vez, as classes de cada instrumento da escola, dividiram-se e fizeram-nos ouvir aquilo que aprenderam durante este último ano letivo.

A classe de guitarras clássicas foi a eleita para a abertura da grande t arde! Para representá-la foram ao palco do Centro Social da Paroquia de Rio Tinto os alunos Fernanda, Fernando, Rosa, Maria Inês, Maria João e Bruno acompanhados pelo professor Manuel Martins.

Depois seguiram-se as classes de sopros e percussão! A representar a classe das flautas transversais atuaram as alunas Catarina, Leonor, Carolina e Isabel. A classe da percussão contou com o pequeno (grande) Rodrigo nas lâminas. Para representar os clarinetes os alunos Filipa, Daniela, Catarina, Carolina e Jorge e a classe dos saxofones contou com a exibição do aluno Tiago.

Este ano, para representar todas as classes de sopro da escola, formou-se um ensemble de sopros, constituído por 6 alunos da escola e pelo professor de flauta, Filipe Ribeiro – os Dixie Band. Este grupo conta com executantes em flauta transversal, saxofone soprano, clarinete, Trompa, Bombardino, Trombone e Trompete.

E no fim, como seria de prever, fechamos mais um ano letivo com a nossa banda juvenil, onde os jovens músicos mostraram que apesar de serem “pequenos” neste mundo da música ainda, tocam como gente crescida.

Em nome de todos os meus colegas da banda juvenil digo obrigada a todos aqueles que nos dão apoio desde o primeiro dia desta nossa aventura e ao nosso maestro por nunca deixar de acreditar em nós mesmo nos piores dias e quando mais ninguém o faz.

Neste primeiro ano evoluímos imenso, como músicos e como pessoas, não há palavras possíveis para conseguir descrever a nossa experiencia na banda juvenil. E no final de contas o que é a banda juvenil?.. Ela é uma maneira de nos conseguirmos expressar através da música, e nós (os músicos) estamos gratos ao nosso maestro por ter tido a brilhante ideia de a ter criado.