Concerto do dia da mãe

05-05-2013 17:48

A nossa banda Juvenil não pára de surpreender! A Banda Juvenil da BSCRT e o Coral Juvenil do ORT juntaram-se para comemorar o Dia da Mãe de uma forma especial. 

Desde que se estreou em palco pela primeira vez em Dezembro de 2012, a nossa bandinha não parou! Desde Janeiro até agora já deram outros concertos, mostrando o que de melhor sabem fazer por duas vezes, sendo que uma delas fora da Cidade de Rio Tinto.

O mais recente evento deste grupo foi o primeiro concerto coral-sinfónico juvenil da cidade de Rio Tinto, na passada 6ª feira, dia 03 de Maio. O concerto teve lugar na Cripta da Igreja Matriz de Rio Tinto, pelas 21h30 e contou com a atuação conjunta da BANDA JUVENIL da BSCRT e do CORAL JUVENIL do ORT. O evento, organizado pelas direcções de ambas as instituições, foi da responsabilidade artística dos maestros Filipe Ribeiro (banda juvenil) e Andreia Lopes (coral juvenil), a quem felicitamos desde já.

Num espectáculo que fora o mais terno de sempre, os nossos jovens puseram toda a alma e dedicação que tinham para dedicar o concerto às suas mães, as figuras com que todos nós nos identificamos e por quem tanto carinho nutrimos.

O espectáculo foi aberto pelo Coral Juvenil do orfeão, que presentou o público com belíssimas canções.

 

Do seu repertório fizeram parte “Bordado minha mãe” de J. Wuytack, “Halellujah” de Leonard Cohen e “Kumbaya”, um Espiritual Negro ao qual se seguiu uma reprodução de “Stand by me” do famoso Ben E. King e “Dó Ré Mi” (uma canção de autoria desconhecida).

Depois cantaram “Heaven is a wondefull place” de W. Koperki e terminaram a sua actuação com “Amen”, outro Espiritual Negro.

 O belíssimo coro juvenil, que abrira o espectáculo com um poema dedicado a todos as mães, terminou a sua brilhante atuação com uma pequena música dedicada à sua Maestrina, também ela, mãe.

Seguiu-se o espectáculo da Banda Juvenil da BSCRT, que realizara a sua entrada sob a interpretação de Avé Maria, por parte de duas das nossas flautistas, enquanto outra criança dedicava um poema às mães presentes.

Para abrir o concerto interpretaram “Robin Hood and the Golden Arrow” ao qual se seguiram “Rising Star” e “Abandoned Treasure Hunt”.

 

Interpretaram ainda “Lullaby for Band” e, depois, a solo e em pé, uma das nossas flautistas interpretou “Solo flight”, uma peça para flauta e banda, da autoria de Larry Neeck.

Também o já conhecido êxito, “Sax Attack”, foi executado nesta noite, pelos saxofonistas da banda. O nosso concerto terminou depois com uma versão diferente do “Hino da Alegria” (adaptado).

A brilhante performance tanto do coro como da banda foram enaltecidas pelo gesto caloroso que se seguiu – todos os nossos pequenos grandes artistas ofereceram uma flor à sua mãe, inundando a cripta de beijinhos, abraços, gargalhadas e afecto. Houve também quem deixasse cair uma lágrima, com a emoção do momento.

Este concerto coral-sinfónico, o primeiro coral-sinfónico juvenil da cidade, encerrou com a brilhante execução conjunta do tema “Cum Decore” da autoria de Tielman Susato, com arranjo de Filipe Ribeiro, onde banda e coro tocaram e cantaram em conjunto.

No meio do fervoroso aplauso, os dois grupos retomaram o tema e interpretaram-no mais uma vez. Foi uma noite mágica, sentida e que decerto deixou todos os intervenientes bastante orgulhosos de todo o espectáculo.

 

O público, em especial, as mães presentes, não hesitaram em demonstrar todo o seu agrado face ao fenomenal concerto. Manuela Martins, por exemplo, mãe da clarinetista Carolina, afirma que “Foi um espectáculo único e comovente. Como mãe senti-me orgulhosa e emocionada. Como espectadora um espectáculo a repetir. Parabéns a todos os participantes”.

Da mesma opinião partilha Carmo Pereira mãe de três outros músicos (Rui, Daniela e Filipa) que nos diz que “como mãe de três dos músicos da Banda Juvenil de Rio Tinto, Rui (saxofone), Daniela e Filipa (clarinete), senti-me muito orgulhosa e feliz ao assistir a um momento musical tão bonito. Excelente atuação da banda juvenil e do coro do orfeão. Hoje, com este concerto do dia da mãe, provaram que com muito trabalho, esforço, empenho e dedicação, nos conseguem surpreender cada vez mais. Parabéns a todos os músicos e coralistas, maestros pelo trabalho que têm feito com estes jovens. Em particular, desejo á Banda juvenil muita força e afinco para conseguirem continuar, todos juntos a levar e elevar o nome desta banda juvenil a um patamar musical cada vez maior”.

Sónia Reis, que também é mãe, depois de assistir a este concerto diz que “Foi com muito orgulho que assisti ao Concerto do Dia da Mãe e pude deliciar-me com as músicas interpretadas pela Banda Juvenil da BSCRT e pelo Coro Infantil do ORT. Foi maravilhoso ver as crianças com tanta alegria e motivação de mostrar a todos que adoram o que fazem. Parabéns aos maestros Filipe Ribeiro (Banda Juvenil da BSCRT) e Andreia (Coro Juvenil do ORT) pelo fantástico trabalho que desenvolvem tanto a nível cultural como a nível social, pois acabam por ter um papel muito importante na formação de crianças e jovens para que convivam em harmonia com a sociedade em geral. Bom Trabalho!!!”.

A mãe do maestro da Banda Juvenil, Ana Ribeiro, afirma que “Foi um excelente concerto. Achei que a Banda juvenil estava muito empenhada e tocou com profissionalismo e vontade. Como mãe foi lindo e surpreendente. Embora já tivesse assistido a outros concertos, este foi sem dúvida o meu preferido! Acho que a banda está a crescer … Foi um lindo presente para todas nós, mães”.

A mãe da nossa oboísta Inês, Cristina Rodrigues, também achou “Um concerto muito divertido. Adorei”. Da mesma opinião partilha Maria José Silva, mãe da Inês Silva (trompa), que gostou que “a banda e o coro se tivessem juntado para um concerto destes”.

Todos os nossos artistas estão de parabéns! O Coral Juvenil do ORT é um grupo fabuloso, com um futuro promissor no mundo da música. As suas atuações fazem jus à sua fama, alcançada pelo seu currículo musical.

A Banda Juvenil, que não pára de crescer, arrisca-se mais a cada desafio. Este que fora o seu primeiro concerto coral-sinfónico foi também o seu primeiro concerto nestas condições acústicas, pois nunca haviam tocado numa igreja ou numa cripta. Parte do repertório apresentado estava a ser estreado ali, pela primeira vez, num dos maiores eventos em que já se viram envolvidos.

Às direcções de ambas as instituições, o nosso muito obrigado, por acreditarem nos vossos jovens e lhes proporcionarem estas oportunidades fantásticas de levar a vossa e a nossa música mais longe. Um bem haja por todo o esforço e dedicação de ambas as direcções, em particular, dos dois presidentes (Daniel Ribeiro, da BSCRT, e Maria Alice Dias, do ORT) por esta fantástica iniciativa.

Em nome da BSCRT e do ORT, agradecemos também à Junta de Freguesia de Rio Tinto, o patrocínio e envolvimento neste evento, assim como a forma calorosa e pronta como receberam a proposta das duas associações, promovendo a sua organização. Um grande haja!

Ao público que nos acompanha, obrigado por estarem lá por nós. Ao público que nos ficou a conhecer naquele momento, obrigado por terem saído das vossas casas para nos ir ouvir. A todos, em geral, obrigado pelos vossos aplausos – são o que nos motiva e nos consola depois de todo o esforço. As palavras de apreço que nos chegam diariamente dão-nos forças para continuar e para seguirmos em frente, atrás de mais desafios.

Aos músicos e coralistas, obrigado pelo vosso esforço e dedicação, por porem a vossa alma naquilo que fazem, pelo tempo que despendem em ensaios e estudo, pela vossa coragem e determinação, pelo vosso sentido de responsabilidade e pelo excelente trabalho de equipa que sabem tão bem realizar.

PARABENS uma vez mais!